Estudantes da UFPR ganham etapa internacional de concurso para projetos em aço | aU – Arquitetura e Urbanismo


Estudantes da UFPR ganham etapa internacional de concurso para projetos em aço | aU – Arquitetura e Urbanismo.

do site http://www.au.pini.com.br

Equipe brasileira venceu a 7ª edição do Concurso Alacero de Diseño em Acero, realizada no México, com o tema Edifícios Destinados a Habitação Social

Kelly Amorim, do Portal PINIweb

13/Novembro/2014

A equipe de estudantes da Universidade Federal do Paraná (UFPR), formada por Alexandre Kenji Okabaiasse, Marcelo Miotto, Franco Luiz Faust e Rodolfo Luis Scuiciato, venceu a 7ª edição do Concurso Alacero de Diseño em Acero para Estudantes de Arquitectura 2014, promovido pela Asociación Latinoamericana del Acero (Alacero), do México.

Orientados pelos professores Emerson Vidigal e Madianita Nunes da Silva, os estudantes representaram o Brasil na competição internacional após terem vencido o 7º Concurso para Estudantes de Arquitetura do Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA), sob o tema “Edifícios Destinados a Habitação Social”.

O projeto apresentado consiste na construção, em um terreno ocupado por assentamento de famílias de baixa renda no bairro Parolin, em Curitiba, de quatro blocos habitacionais dispostos na área em formato de “L”. A proposta também prevê a construção da sede da associação dos moradores e de uma creche.

A equipe vencedora recebeu premiação de seis mil dólares, além de um diploma, e a universidade recebeu quatro mil dólares e uma placa comemorativa. O segundo lugar da competição ficou com uma equipe da Universidad Del Valle, na Colômbia.

O tema para a próxima edição do concurso da CBCA, que será realizada em 2015, será anunciado em dezembro.

Nota do blog: Iniciativas como esta, onde estudantes podem aplicar o que é ensinado na academia, deveriam ser levadas mais a sério pelas instituições de ensino. Falta uma política de incentivo à participação dos alunos nestes concursos de projeto, principalmente nas escolas particulares, que usualmente possuem uma carga horária de ensino de projeto que beira o ridículo. Nós, professores de projeto, temos o dever de incentivar, apoiar e dar todo suporte necessário aos nossos alunos que se oferecem a tais desafios.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s