Carta aberta aos meus queridos alunos


Caros alunos,

Acabo de saber que fui demitido da UNIP, juntamente com outros professores. Quero agradecer cada minuto que tive o privilégio de dividir com vocês nesses 52 meses. Neste tempo descobri que participar da formação de um arquiteto é tão ou mais importante do que criar edifícios. Se ao edificarmos algo deixamos nossa marca no espaço urbano, tenho certeza que deixei minha marca na formação de cada um de vocês, futuros colegas.

Como contribuição, deixo minha convicção de que o que faz um bom arquiteto é uma boa formação cultural, tão importante quanto a técnica. Muito mais do que uma universidade ou um professor, o que deve movê-los é a paixão pela profissão, a inquietude que deve ser própria da mente maluca de quem cria espaços onde so existe o vazio. Materializamos sonhos. Vivemos disso. Cada um de vocês é a materialização do meu sonho em formar arquitetos muito melhores do que eu jamais serei. Pessoas que não se acomodam com o que a universidade lhes dá (ou pensa que dá). Um aluno não é um número, não é uma mensalidade. Sempre acreditei nisso.

Talvez o tombo dos utópicos seja maior quando a realidade fria e mercantilista dos números nos é jogada na cara. Continuo acreditando no meu sonho. Continuo tendo a certeza de que vocês, assim como aconteceu comigo um dia, não podem se contentar com o que a vida teima em lhes oferecer. Lutem sempre. Valorizem o título que um dia terão. Não se esqueçam de que a arquitetura é feita por pessoas, para pessoas. A beleza do mundo depende do nosso trabalho.

Graças a vocês descobri uma vocação. Graças a vocês, hoje sou um profissional melhor, uma pessoa melhor. Muito obrigado por tudo!

6 comentários sobre “Carta aberta aos meus queridos alunos

  1. Arquiteto (com “A” maiúsculo) Ricardo Meira
    O Brasil ainda irá reconhecer o seu valor e a sua paixão pela Arquitetura ainda nos trará grandes frutos (muito além dos que já estamos colhendo hoje).
    A UNIP perde ao abrir mão de um talento especial. Pior pra eles. Melhor para a concorrência, que tem um grande professor disponível.

    Grande abraço. Sucesso!

  2. Prof. Ricardo Meira,
    Tive a oportunidade (ou melhor, a honra) de participar por duas vezes do seu crescimento/surgimento profissional. A primeira na UnB enquanto éramos estudantes e mais recentemente na Unip quando você felizmente se “aventurou” pela vida docente!
    Pude ensinar e aprender com você e testemunhei o brilho nos olhos de alguns de nossos alunos.
    Concordo com o Ênio, perde a Unip e ganha a concorrência.
    Forte abraço,
    Eleudo Esteves

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s