Começando as homenagens à nossa Brasília!

40a. Plenária do CAU/BR: “reserva técnica” é condenada pelo Código de Ética e Disciplina do CAU.

Do site http://www.caubr.gov.br

A crítica à prática da “reserva técnica”, condenada pelo Código de Ética e Disciplina do CAU, foi um dos assuntos marcantes da 40ª. Plenária Ordinária do CAU/BR realizada em Brasília nos dias 28 e 27/03.

Mesmo não constando da pauta, os conselheiros chamaram a atenção para a atualidade da denúncia da prática no momento em que o país vive uma grave crise ética.  A comissão paga aos profissionais por fornecedores que eles indicam aos clientes para a compra de produto, insumo ou material, foi equiparada às propinas dadas por empreiteiras a funcionários públicos, como ocorreu na Petrobrás. O projeto do novo Código Penal inclusive trata do assunto, ao condenar a corrupção entre particulares.

Vários CAU/UF têm promovido campanhas contra a prática, a favor da valorização profissional,  e recebido denúncias concretas, conforme relato da Comissão de Ética e Disciplina. Em um caso de São Paulo, a denúncia foi feita por um fornecedor que se recusou na pagar pela “reserva técnica” cobrada por um profissional.

É consenso que a “reserva técnica”, além de  comprometer a imagem da profissão, impacta na qualidade do trabalho dos arquitetos e urbanistas.

Não custa lembrar o artigo do jornalista Paulo Markun sobre o tema, reproduzido pelo blog há algum tempo:

https://arqdaltonico.wordpress.com/2013/09/14/reserva-tecnica-por-paulo-markun/?preview=true&preview_id=1009&preview_nonce=07d790b14b

Cinco sinais de que seus pais são arquitetos.

Documentário sobre o maior nome do rock mundial dos últimos 25 anos.

Uma pausa nos assuntos referentes a arquitetura para um comentário sobre o lançamento do documentário definitivo sobre Kurt Cobain, vocalista do Nirvana, a banda que mudou a história do rock nos últimos 20 anos. A menos que você seja um ET, já ouviu falar na meteórica e trágica história de um gênio da música que interrompeu sua vida nos míticos 27 anos. Li há alguns meses uma sensacional biografia (“Mais Pesado que o Céu”, CROSS, Charles R.) que me revelou o lado humano, sombrio e doente do meu ídolo de adolescência. Para os fãs e não-fãs.

2min – De onde vem a força. Inspiração, motivação e positividade.

Mais um vídeo curto e inspirador do 2min Project. Texto e voz do meu primo talentoso, Fred Reis.

Boa, Fred!!